quinta-feira, 24 de março de 2016

CULTURA: Opinião apresenta Black Alien



Black Alien, considerado um dos rappers mais versáteis da música nacional, voltará ao Opinião, no dia 16 de junho, para dar continuidade à divulgação do seu mais recente trabalho de estúdio, lançado após um hiato de mais de uma década. “Babylon by Gus Vol. II – No Princípio Era o Verbo” foi concebido a partir de um financiamento coletivo e será a grande atração da apresentação que o MC fará por aqui, que também vai incluir no repertório os melhores momentos de “Babylon by Gus Vol. I – O Ano do Macaco”, o seu disco de estreia. Abordando temas como o amor, o surfe, a família e a sua nova vida, o cantor vai subir ao palco para falar sobre companheirismo e esperança através das suas composições novas, como “Terra”, “Quem é Você”, “Rock’n’Roll”, “Somos o Mundo” e “Falando do Meu Bem”, entre outras mais. O álbum “Babylon by Gus Vol. II – No Princípio Era o Verbo” está disponível para audição, na íntegra e gratuitamente, pelo Youtube (https://youtu.be/Or5FOkvB-sg).

BLACK ALIEN           

Black Alien nasceu Gustavo de Almeida Ribeiro, subiu ao palco pela primeira vez em 1993 e, desde então, nunca mais parou. Speed Freaks, grande amigo de Black Alien, deu a primeira oportunidade musical quando o convidou para cantar em sua banda e gravou a música “Hit Hard Hip Hop”. A canção entrou para a coletânea “No Major Babies” e foi lançada no Brasil, Europa e Estados Unidos, mas foi com o Planet Hemp, uma das bandas de rap rock mais polêmicas dos anos 90,  que o artista ganhou, de fato, a projeção nacional e internacional.

Black Alien entrou oficialmente para o Planet Hemp em 1996 à convite de BNegão, que decidiu sair da banda para se dedicar a outro projeto musical. Na época, o Planet Hemp estava em meio a turnê “Usuário” e, junto com o grupo, participou da gravação dos seguintes discos:  “Usuário”, “ Hemp New Year” ,“Os Cães Ladram mas a Caravana Não Pára” e “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça”.

Após sua saída do Planet Hemp, em 2001, Black Alien seguiu carreira solo e acumulou participações especiais com diversos artistas da música brasileira, de diferentes estilos musicais. “Babylon by Gus Vol. I – O Ano do Macaco” veio em 2004. O álbum rende frutos até os dias de hoje. Faixas como “Mister Niterói”, “From Hell do Céu”, “Babylon by Gus” e “Extrapunkextrafunk” tornaram-se verdadeiros clássicos do rap nacional, atravessando gerações. O álbum foi um divisor de águas na carreira do artista, tanto que entrou para a lista de melhores discos de hip hop nacional. As músicas ‘Como Eu Te Quero” e “Perícia na Delícia” tornaram-se trilha sonora do seriado americano “Mandrake”, exibida pelo canal HBO.

Ao longo de quase 12 anos sem um álbum novo, Black Alien se dividiu entre shows, participações com artistas de diferentes áreas e se arriscou produzindo trilhas sonoras para os mais variados públicos e projetos. Também foi o diretor musical da peça infantil “Juninho Play e a Caça ao Tesouro” e compôs, em parceria com a atriz Samantha Schumutz, a música “Família Play”, tema do desenho animado “Juninho Play”. Já a música “Tranquilo” foi incluída no jogo FIFA 2002.

Em 2011, Black Alien viu sua trajetória profissional virar documentário em “Mr. Niterói – a Lírica Bereta”, produzido pela Gadilfilmes. O documentário conta com depoimentos de BNegão, Rappin Hood, Fernanda Abreu, Frejat, Marcelo D2, Mr. Catra, De Leve, Speed Freak e do jornalista Carlos Albuquerque.

Apesar de muitos trabalhos paralelos, Black Alien continuava a trabalhar para o lançamento de um segundo disco, até que, em 2014, lançou o single “Terra”. A faixa revelou aos fãs o que estava por vir nessa nova fase do artista. O álbum, intitulado “Babylon by Gus Vol. II - No Princípio Era o Verbo”, também produzido por Alexandre Basa, foi lançado em 2015 e gravado com a ajuda de um financiamento coletivo. O ano de 2016 para Black Alien começou agitado. Além do trabalho de divulgação do disco e do início da turnê, o artista gravou, no ano passado, uma faixa para o álbum do músico Marcelo Yuka, que deve sair em breve.

BLACK ALIEN
Onde: Opinião (Rua José do Patrocínio, 834)
Quando: 16 de junho, quinta-feira, a partir das 23h
Abertura da casa: 21h30
Classificação: 16 anos

Ingressos:

Lote 1:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 45
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 40
Inteira: R$ 80
Lote 2:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 55
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 50
Inteira: R$ 100
Lote 3:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 65
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 60
Inteira: R$ 120
Lote 4:
Promocional (valor reduzido, com a doação de 1kg de alimento não perecível, disponível para qualquer pessoa): R$ 75
Estudantes e idosos (desconto de 50%): R$ 70
Inteira: R$ 140
* Os alimentos deverão ser entregues no Opinião, no momento da entrada ao evento.
** Para o benefício da meia-entrada (50% de desconto), é necessária a apresentação da carteira de estudante na entrada do espetáculo. Os documentos aceitos como válidos estão determinados no artigo 4º da Lei Estadual 14.612/14.

Pontos de venda:
Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência):
Youcom Bourbon Wallig
Demais pontos de venda (sujeito à cobrança de R$ 5 de taxa de conveniência):
Youcom Shopping Praia de Belas, Bourbon Ipiranga, Barra Shopping Sul e Bourbon Novo Hamburgo
Multisom Andradas 1001, Canoas Shopping e Bourbon São Leopoldo

Informações:
www.opiniao.com.br
www.facebook.com/opiniao.produtora
www.twitter.com/opiniao
(51) 3211-2838

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui