terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

TEATRO: Inimigos de Classe, novo espetáculo de Luciano Alabarse, estreia em março no Theatro São Pedro

A notícia de que um aluno de uma escola pública havia atirado em uma professora e depois cometido o suicídio foi impactante para Luciano Alabarse. O diretor de teatro julgou que estava na hora de colocar em discussão esse assunto e tratou de escolher texto, impressões, referências, elenco, e montar uma peça de teatro que abordasse o tema. Inimigos de Classe estreia dia 2 de março no Theatro São Pedro, onde permanece por dois finais de semana. O texto é uma livre adaptação de Luciano Alabarse para o texto de William Nigel e traz no elenco atores que se destacam na cena gaúcha, como Marcelo Adams, Fabrizio Gorziza, Gustavo Sussin e Fernando Zugno, entre outros. Mauro Soares faz uma participação especial como diretor da escola. Nas sextas-feiras haverá debates com profissionais da SPPA - Sociedade Psicanalítica de Porto Alegre, logo após a apresentação. O espetáculo é focado na falência do sistema educacional em relação ao complexo universo dos alunos marginalizados da escola pública. “Abandonados na sala de uma decadente escola periférica, os alunos de Inimigos de Classe não são nem mocinhos nem bandidos. A esperança e o desespero aparecem em todos os personagens. Não há solução a curto prazo, não há medidas eficientes e reguladoras.Todos eles sabem que o mundo é uma surpresa que dói, e que com o tempo só dói; todos remexem perigosamente o risco da situação que estão vivendo”, afirma Luciano Alabarse. “Para eles, o risco consiste em assumir suas próprias responsabilidades quando faltam alternativas externas para um futuro melhor. Nesse sentido, no mundo globalizado do século XXI, a ação da peça pode acontecer em Porto Alegre, Berlim ou qualquer outra cidade onde impera nossa capenga democracia solidária e sua deturpada lógica de benesses igualitárias”, complementa o diretor. Dia de aula normal na escola, menos para os alunos da 2ª C. Conhecidos por seus problemas comportamentais, nessa turma estão reunidos os elementos mais desajustados, rebeldes e agressivos. A ação se inicia quando Ferro, o líder do grupo, adentra na sala aos gritos. Acabou de expulsar a última professora enviada e novamente a turma ficará esperando por um novo professor. Ansiosos e tensos, os alunos não sabem bem o que fazer, até que Ferro tem uma grande idéia: enquanto esperam, cada um dará uma aula para os demais. Recebida com vaias e gargalhadas, o grupo logo vê que a proposta é séria, o que causa enorme desconforto entre eles. Para surpresa de todos, Bola, o principal antagonista de Ferro, endossa a idéia e torna irreversível esse momento perigoso. No meio do processo, um instrutor de disciplina vem buscar um dos alunos, cujo apelido é Portuga, famoso por quebrar todas as janelas do prédio. Isso precipita o confronto inevitável entre Ferro e Bola, em uma briga onde Bola leva a pior. Machucado mas firme, não desiste de sua aula até que o próprio diretor da escola intervém.





Serviço:
Inimigos de Classe
Dias 2, 3 e 4; 9, 10 e 11 de março de 2012
Theatro São Pedro – Praça Marechal Deodoro, s/n – Centro – Porto Alegre
Ingressos:
R$ 50,00 (platéia), 30, 00 (camarotes) e 20,00 (galerias). Descontos de 50% para estudantes, idosos, professores e para membros da SPPA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente aqui